Minha lista de blogs

domingo, 23 de fevereiro de 2014

Telexfree: Polícia americana e brasileira estão investigando ações da Telexfree nos EUA, diz promotora

“O que eu posso dizer é que o governo americano é bem mais rigoroso do ponto de vista criminal que o brasileiro", assegura.
alessamdra-marques-11
Promotora

A declaração da promotora do Ministério Público do Acre, Alessandra Garcia Marques, de que o Botafogo pode sofrer consequências graves devido ao contrato de patrocínio firmado com a Telexfree Internacional, durante entrevista ao programa Vem Viver, da Rádio 650 AM, em Boston (EUA), está provocando repercussão no Brasil.
Ela afirmou que os dois países, EUA e Brasil, estão investigando as ações da empresa nos Estados Unidos.
Se as autoridades entenderam que a empresa realiza o mesmo tipo de operação que foi suspensa no Brasil, novas complicações jurídicas podem aparecer no horizonte da Telexfree, com consequências para a parceria recém firmada entre a empresa e o Clube Botafogo.
“O que eu posso dizer é que o governo americano é bem mais rigoroso do ponto de vista criminal que o brasileiro. Se for comprovado que a Telexfree atua lá da mesma forma que atuava aqui, certamente haverá consequências, inclusive para o Botafogo”, assegura.
O anúncio do novo patrocinador do clube vem gerando polêmica, já que a empresa enfrenta um processo a nível nacional, acusada de utilizar o Marketing Multinível para encobrir um sistema de pirâmide financeira.
Sérgio Landau, diretor executivo do Alvinegro, durante entrevista coletiva, se posicionou favoravelmente à parceria, garantindo confiar na empresa.
“Concluímos uma parceria importante para o clube e acreditamos em novos projetos. É uma empresa internacional. Acompanhamos o problema no Acre e não vamos nos manifestar. Eles são legalizados pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) e, com isso, prontos para, tecnicamente, operar. Estamos orgulhosos da parceria e da confiança que depositaram em nós”.
Já a principal patrocinadora do clube, a empresa Guaraviton, manifestou preocupação, através do diretor comercial Neville Proa, da Viton 44, que afirmou ao site da revista Veja que a Telexfree está ‘alienada do mercado’.
“Esse assunto foi uma surpresa negativa. Eu não posso estar no mesmo veículo que uma empresa que, praticamente, é alienada do mercado”.
Com informações de www.lancenet.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquisar este blog

Seguidores

Google+ Seguidores

Google+ Badge