Minha lista de blogs

  • O Jardim das Aflições - O filme, O JARDIM DAS AFLIÇÕES, do brilhante OLAVO DE CARVALHO, é um filme excelente, que eu gostei muito. Confesso que cheguei a me emocionar, no iníci...
    Há 18 minutos

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

#Explica ai Fernando Pimentel: o que há por trás dos empréstimos secretos a Cuba e Angola?

 
#Explica ai Fernando Pimentel: o que há por trás dos empréstimos secrétos a Cuba e Angola?
#Explica ai Fernando Pimentel: o que há por trás dos empréstimos secretos a Cuba e Angola?

Por quê Fernando Pimentel (PT de Minas) tornou os empréstimos secretos?

Eu gostaria muito de saber o por quê de um país que diz 'ter" a tal Comissão da Verdade para cuidar de questões que completam 50 anos em 2014 e que aprovou a Lei de Acesso à Informação teve a iniciativa difícil de compreender, de tornar “secretos” os documentos relativos a financiamentos do governo brasileiro para Cuba e Angola, dois países socialistas. Angola, só para registro, é considerado um dos países mais corruptos do mundo.

Queríamos então saber o motivo do então ministro Fernando Pimentel (Desenvolvimento), hoje candidato ao governo de Minas Gerais,  tornou secretos os documentos que tratam de financiamentos do Brasil aos governos de Cuba e de Angola. Com a decisão, o conteúdo dos papéis só poderá ser conhecido a partir de 2027. O BNDES desembolsou, somente no ano passado, US$ 875 milhões em operações de financiamento à exportação de bens e serviços de empresas brasileiras para Cuba e Angola. O país africano desbancou a Argentina e passou a ser o maior destino de recursos do gênero.
Indagado pela Folha, o ministério disse ter baixado o sigilo sobre os papéis porque eles envolvem informações “estratégicas”, documentos “apenas custodiados pelo ministério” e dados “cobertos por sigilo comercial”. Os atos foram assinados por Pimentel em junho de 2012, um mês após a entrada em vigor da Lei de Acesso à Informação. É o que revelam os termos obtidos pela Folha por meio dessa lei.
Só no ano passado, o BNDES financiou operações para 15 países, no valor total de US$ 2,17 bilhões, mas apenas os casos de Cuba e Angola receberam os carimbos de “secreto” no ministério. Então agora que é candidato, o senhor Fernando Pimentel, poderia falar ao povo de Minas e ao Brasil o que há por trás desse sigílo todo? E por quê o BNDES financia outros países enquanto aqui há tantas mazelas, necessidades e coisas a fazer? E por quê ele participou diretamente dessa decisão de encobrir toda essa dinheirama a Cuba? Queremos saber senhor Fernando!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquisar este blog

Seguidores

Google+ Seguidores

Google+ Badge