Minha lista de blogs

  • Astrologia e Poder - *Astrologia e Poder - LIVRO UMBANDA ASTROLÓGICA; COMPRE O SEU AQUI...* "Nenhum homem está submetido a outro homem, mas pode estar submetido a ele polit...
    Há um dia

sábado, 25 de outubro de 2014

Pesquisas duvidosas: Distorção na amostragem alterou resultados das pesquisas Datafolha e Ibope


Pesquisas duvidosas: Distorção na amostragem alterou resultados das pesquisas Datafolha e Ibope
O Diário do Poder teve acesso a uma auditoria realizada nas pesquisas de 15 de outubro dos institutos Datafolha e Ibope. O técnico responsável identificou que o Ibope entrevistou 46% de pessoas que votaram na candidata do PT à reeleição, Dilma Rousseff,  no 1º turno, e o Datafolha entrevistou 44%. Entretanto, Dilma teve 37,5% dos votos na primeira fase da eleição presidencial. Essa distorção na amostra pode ter retirado entre 3 e 5 pontos percentuais do candidato do PSDB Aécio Neves nas pesquisas do dia 15. Segundo o relatório, no Datafolha ele teria 54% e no Ibope, 56%, se fossem mantidas as proporções corretas dos resultados no 1º turno.
O Ibope, por exemplo, entrevistou 1.210 pessoas que votaram Dilma no 1º turno (46% do total), mas a atual presidente obteve 37,5% dos votos no 1º turno. Essa enorme diferença altera os resultados finais da pesquisa.
A matemática Datafolha
Foram entrevistados 3.596 pessoas que votaram Dilma no 1º turno (43,78% da amostra), 2.561 que votaram Aécio (31,18%), 1.515 que votaram Marina (18,45%) e 541 que votaram em outros/nulo/branco (6,59%), um total de 8.213 respostas. No entanto, o resultado do 1º turno foi: Dilma 37,58%, Aécio 30,31%, Marina 19,26% e outros/branco/nulo 12,84%. Para seguir a proporção, os entrevistados deveriam ser 3.087 que votaram Dilma, 2.489 que votaram Aécio, 1.582 que votaram Marina e 1.055 que votaram em outros/branco/nulo.
Segundo a pesquisa Datafolha do dia 15, daqueles que votaram Dilma no 1º turno, 88% votariam de novo e 6% votariam Aécio, ou seja, na pesquisa, foram 3.164 votos para Dilma (88% de 3596) e 216 para Aécio (6% de 3596), quando o correto, com as devidas proporções, seria 2.717 para a Dilma (88% de 3.087) e 185 (6% de 3.087) para o candidato do PSDB.
Dos que votaram Aécio no 1º turno, 94% votariam novamente e 3% votariam Dilma. Ou seja, foram 77 votos para Dilma (3% de 2.561) e 2.407 para Aécio (94% de 2.561). Na matemática “correta” seriam 75 para a Dilma (3% de 2.489) e 2.340 para o Aécio (94% de 2.489).
Dos que votaram Marina no 1º turno, 66% votariam Aécio no 2º turno e 19% na candidata do PT Dilma Rousseff. Ou seja, na pesquisa, foram 288 votos para a Dilma (19% de 1.515) e 1.000 (66% de 1.515) para Aécio. Mantidas as proporções do resultado na primeira fase, seriam 301 para a Dilma (19% de 1.582) e 1.044 para o Aécio (66% de 1.582).
Finalmente, entre os que optaram por outros/branco/nulo, 22% votariam Aécio e 12% votariam Dilma. A pesquisa aponta 65 votos para Dilma (12% de 541) e 119 para o Aécio (22% de 541). Na conta proporcional, seriam 127 votos para Dilma (12% de 1055) e 232 para Aécio (22% de 1.055).
Total alterado
Somando-se os votos na pesquisa , o Datafolha concedeu 3594 “votos” para Dilma (3.164 + 77 + 288 + 65) e 3.742 para Aécio (216 + 2.407 + 1.000 + 119), exatamente 51% para Aécio e 49% para Dilma, como divulgado pelo instituto, no dia 15 passado. Mas se fossem utilizadas as proporções certas na amostra em relação ao primeiro turno, os votos seriam 3.220 para a Dilma (2.717 + 75 + 301 + 127) e 3.801 para o Aécio (185 + 2.340 + 1.044 + 232), um total de 54% dos votos válidos para o Aécio e 46% para a Dilma, como outras pesquisas detectaram à época do levantamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquisar este blog

Seguidores

Google+ Seguidores

Google+ Badge