Minha lista de blogs

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Opinião equivocada! Secretário de Justiça da Bahia culpa ‘ostentação’ por altos índices de violência


Culpa ‘ostentação’

Secretário de Justiça da Bahia culpa ‘ostentação’ por altos índices de violência
Opinião equivocada! Secretário de Justiça da Bahia culpa ‘ostentação’ por altos índices de violência
Foto: Alexandre Galvão / Bahia Notícias
Chefe da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS), José Geraldo dos Reis culpa a cultura da “ostentação” pela violência. Para ele, a cultura do consumismo prejudica a sociedade muito mais, por exemplo, do que a pobreza. “Você pode ter vários níveis de pobreza, mas a desigualdade incentiva mais. Você tem um jovem num lugar pobre que tem acesso a televisão, a internet, então ele tem o mesmo desejo de ter um violão, um tênis de marca, do que o jovem de classe média. Essa cultura do consumismo é muito forte. Não é à toa que hoje você tem a cultura da ostentação”, explica. À frente da secretaria desde o começo do mandato do governador Rui Costa, Geraldo diz ser, pessoalmente, a favor da descriminalização das drogas. “A pura e simples criminalização não resolve, pois se resolve o consumo, mas não resolve a produção. Sei que minhas palavras causam desconforto, mas a humanidade sempre conviveu com drogas”, exemplifica. Ainda na visão dele, que é sociólogo, o Estado precisa ter foco na redução de danos e precisa deixar de tratar o dependente como se ele fosse um bandido. Clique aqui e confira a entrevista completa.
 

 


Comentário: Mais um secretário arregão, que vem com trololó buscando "bodes expiatórios", quando na verdade, a realidade é outra! A Culpa nem é dos pobres, pois se fosse, o mundo só tinha criminoso, pois, a maior parte da população é pobre! Nem é da ostentação. Sabemos sim, que a exclusão, a vontade de ter bens materiais e uma vida melhor, motiva muitos a cometer crimes pra alcançar o que quer. Mas, ai tem muito mais haver com um desvio de caráter, moral fraca e indisciplina do que carência. Conheço gente que foi pobre a vida toda e nunca roubou um pão, enquanto outros, nem tão pobres eram e já cometeram diversos crimes, a Lava Jato é um bom exemplo disso, com advogados, empreiteiros e políticos, cheios de estudos, doutorados e conhecimentos, mas, que estavam cometendo corrupção.
 
Quanto a liberar as drogas, é mais um argumento idiota, de qualquer um que defenda isso. Primeiro, o fracasso da política de segurança, não é porque é "impossível se combater o tráfico", é na verdade, que estão combatendo de forma errada! A política de segurança é que está em frangalhos. Não policiam as fronteiras, não temos um judiciário forte e nem polícias fortes. Quanto aos EUA fracassarem na luta contra o tráfico, em primeiro lugar eu não vejo como fracasso, pois, se não fosse o combate deles, o mundo já teria virado uma "Caixa de Pandora a céu aberto", os traficantes já teriam tomado o poder em muitos lugares. E outro fator, de o sucesso não ser maior, é que enquanto os americanos combatem, países fracos como o México, Venezuela, Bolívia e outros idiotas, estimulam a produção e o consumo. 
 
Essa desculpa de deixar a pessoa se matar, pra depois reduzir danos, também é outra análise ridícula. Ficam todos de braços cruzados, deixando o tráfico se espalhar, o consumo se multiplicar, com todo mundo doidão, pra depois o estado bancar tratamentos e gastar muito mais, com milhões morrendo, pois os tratamentos eficientes, ainda não temos. Além do mais, esse papo de ver usuário como vítima, é bondade demais. Pois sem os clientes, nenhum comércio cresceria. Se americanos gastaram mais de 1 trilhão com drogas, a culpa do lucro dos traficantes é dele. Ninguém é obrigado a consumir e se viciar, se vicia porque quer. Então porque toda essa benevolência com pessoas irresponsáveis? O viciado é sim um doente, precisa de tratamento e não se droga pro malandragem, mas, depois de um certo ponto. Antes, mesmo sendo alertado o tempo todo, o idiota vai lá e se entope de drogas, depois de tanta teimosia e burralidade, o estado tem que tratá-lo como um bebê? Porque o cara não dispensa as drogas, quando ainda está são? Ninguém nasceu pra ficar doidão, alegre o tempo todo. Por isso, esse papo de depressão, de tristeza ou de qualquer outra alegação fraca não faz de um financiador do tráfico, uma vítima. Se não fosse as classes médias e média alta, o tráfico não lucrava tanto, não teria fuzis banhados a ouro e traficantes desfilando com carrões importados. Por isso, não venham dizer que viciado é tão vítima assim não. Se todo mundo parasse de consumir carne e leite, qual seria o valor do gado? 
 
Outro fator do fracasso do combate as drogas, são secretarias fracas de segurança, incluindo o ministério da justiça e a forma bondosa como o judiciário trata criminosos em nosso país. Além disso, supostos defensores dos "direitos humanos", tanto no legislativo, judiciário, OAB ou governos, que defendem mais bandido. Além do mais, o mal posicionamento das polícias, que são mal remunerada, mal equipadas e mal comandadas.
 
Mais uma alegação idiota é a que fala da superlotação do sistema carcerário. Se tá cheio, é porque cometem crimes, basta andar na lei que duvido que vão parar na cadeia. Além disso, não tem nem um terço dos que precisavam ser presos, nessa população carcerária. Só no Brasil que idiotas, querem resolver o problema da segurança, soltando bandidos ao invés de prender. Não adianta ter uma visão poética, achando que construindo escolas e não presídios, irá resolver! Por acaso os presos do Petrolão são analfabetos ou da periferia? Eles não estudando nas melhores escolas e tinham as melhores carreiras? Há uma questão mais ampla e complexa, que envolve caráter, cultura, espiritualidade, bons comportamento e instintos equilibrados. O que vemos nas escolas, são alunos agredindo professores e dizendo que querem carro, moto e dinheiro pra já! Não querem ficar anos e anos acordando cedo pra ganhar um salário mínimo e pagar um carro a prestação em 5 anos! Diretores da Petrobras que ganhavam mais de cem mil reais por mês se corromperam. Imagina se alguém que tem preguiça pra trabalhar e quer ter as coisas logo, vai querer ganhar um salário mínimo?...
 
Carlinhos Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquisar este blog

Seguidores

Google+ Seguidores

Google+ Badge