Minha lista de blogs

  • O Jardim das Aflições - O filme, O JARDIM DAS AFLIÇÕES, do brilhante OLAVO DE CARVALHO, é um filme excelente, que eu gostei muito. Confesso que cheguei a me emocionar, no iníci...
    Há 34 minutos

terça-feira, 3 de maio de 2016

Lula e sua turma, denunciado por Janot: 30 investigados no inquérito do petrolão

Lula e sua turma, denunciado por Janot: 30 investigados no inquérito do petrolão
Lula e sua turma, denunciado por Janot: 30 investigados no inquérito do petrolão

Lula na Lava Jato. E não só ele.
Rodrigo Janot pediu a inclusão de 30 investigados no inquérito do petrolão.
O chefe:
- Lula
Os outros:
- Jaques Wagner
- Ricardo Berzoini
- Edinho Silva
- Giles Azevedo
- Antonio Palocci
- Erenice Guerra
- Paulo Okamotto
- José Sérgio Gabrielli
A ORCRIM é essa.
Ao pedir a inclusão de Jaques Wagner no inquérito do petrolão, Rodrigo Janot citou o depoimento de Nestor Cerveró sobre o saque à Petrobras:
"Os volumes comercializados pela área de trading são gigantescos. Qualquer alteração de centavos no preço de comercialização do barril leva à geração de um grande volume de recursos e a diferenças gigantescas na aquisição final. Aí reside uma grande margem para propinas, por se tratar de um grande volume de recursos e difícil controle".
E o delator concluiu:
"Grande parte desses recursos foi usada na campanha de Jaques Wagner em 2006".

A estrutura da ORCRIM foi descrita pela PGR:
"No âmbito dos membros do PT, os novos elementos probatórios indicam uma atuação da organização criminosa de forma verticalizada, com um alcance bem mais amplo do que se imaginava no início e com uma enorme concentração de poder nos chefes da organização. As provas apontam para o envolvimento das seguintes autoridades com prerrogativa de foro: Edinho Silva, Ricardo Berzoini, Jaques Wagner, Delcídio do Amaral".
Lula está no topo da cadeia verticalizada.

De acordo com o Globo, "mesmo citado na delação de Delcídio do Amaral, o vice Michel Temer está livre de investigação, até o momento, na Operação Lava-Jato. A equipe de Rodrigo Janot entendeu que as acusações de Delcídio e outras citações ao nome de Temer, por investigados na Lava-Jato, não são suficientes para sustentar um pedido de inquérito específico contra o vice-presidente".
Meno male.

Fonte: http://www.oantagonista.com/posts/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquisar este blog

Seguidores

Google+ Seguidores

Google+ Badge