Minha lista de blogs

sábado, 20 de agosto de 2016

Gostosa! Mari Paraíba diz: 'Os homens têm medo de chegar em mim' e sobre título de musa do vôlei: 'Odiava ser chamada assim'

Mari Paraíba posa para o Paparazzo, em ensaio   (Foto: Anderson Barros / Paparazzo)

No Paparazzo, jogadora diz que já sofreu preconceito por ser bonita. ‘Diziam que eu era escolhida pela beleza’, desabafou, nos bastidores do ensaio.


Quem vê Mari Paraíba super bem resolvida não imagina os dramas que a jogadora de vôlei passou. Depois de posar nua para uma revista masculina, em 2012, ela chegou a ficar dez meses fora da quadra. Em um bate-papo nos bastidores do Paparazzo - o ensaio da atleta vai ao ar nesta sexta-feira, 5 -, ela contou que passou por maus bocados e quase chegou a desistir da carreira. “Sempre sofri muito no começo por conta dessas coisa de beleza. Já escutei que só jogava porque era bonita, porque o técnico era apaixonado por mim, diziam que eu era escolhida pela beleza e isso me enchia o saco. Eu estava lá porque treinava todo dia, era mérito meu. Vinha aguentando muita coisa. Quando recebi o convite para a 'Playboy' foi em um momento difícil, tive uma lesão no final do campeonato, estava de saco cheio e resolvi que não queria mais jogar. Saí de casa com 14 anos e essa rotina de atleta é muito puxada. Queria ser uma pessoa normal. Fiquei dez meses parada, até que recebi um convite para jogar na praia, fui e depois voltei para a quadra. Mas acho que essas coisas acontecem para fortalecer e acredito que tudo acontece no tempo de Deus. Voltei focada e determinada. Passei a não ligar mais para as críticas".

Mari também revelou que um título a incomodava. O de "musa do vôlei". Para ela, as pessoas confundiam as coisas e a diminuiam por ela ser bonita. “No começo eu odiava. As pessoas criam rótulos e meu foco sempre foi o vôlei, aí quando começou isso, em 2011, me incomodava porque estava ali para jogar e não queria que as pessoas me olhassem de outra forma. Mas depois fui acostumando, aprendendo a lidar com a mídia. Hoje não me incomoda mais”, disse. Mari, inclusive, garante que nem vê este lado sexy que as pessoas dizem que ela tem. "Não me acho nem um pouco sensual. Pelo contrário, me acho moleca, divertida... Dizem que sou engraçada. Acaba que minha sensualidade é natural, não é uma coisa que fico forçando, sabe?". Solteira há dois anos, ela também contou que não é do tipo pegadora, mas que não deixa de ficar com quem tem vontade - se conhecer alguém em uma balada, por exemplo. "Acho que se rolar uma química legal, por que não? Não me acho namoradeira, mas também não me privo de nada", afirmou Mari, que chegou a ser convocada para a seleção de vôlei mas depois foi cortada da Olimpíada 2016.

Mari Paraíba fala sobre vaidade e diz que usa maquiagem nos jogos

‘Estranharam no começo, mas hoje a maioria já usa’, entregou a jogadora de vôlei sobre as companheiras de quadra, que posou para o Paparazzo.

Mari Paraíba no Paparazzo: 'Os homens têm medo de chegar em mim'

Atleta do vôlei, cortada às vésperas da Olimpíada, conta que está há dois anos sem namorar e que recebe cantadas de mulher dentro e fora do esporte.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquisar este blog

Seguidores

Google+ Seguidores

Google+ Badge