Minha lista de blogs

sábado, 4 de novembro de 2017

Gostosa! Juliana Paes: 'Eu nunca tive pudor com o corpo'


Em entrevista, atriz fala sobre moda, nudez e a personagem mais perigosa da TV


Marilyn Monroe era ruiva e atendia por Norma Jean quando, em 1949, deitou-se sobre um veludo vermelho e posou nua para o fotógrafo Tom Kelley. Com as mãos no rosto e as pernas esticadas, transformou “o que seria uma posição de vulnerabilidade para outros em uma posição de poder para ela”, como afirmou Hugh Hefner, o fundador da “Playboy”, que comprou as imagens e as publicou na primeira edição da revista. Essa atitude à la Marilyn tem servido de inspiração para retratar a nudez de mulheres que, como ela, são símbolos de beleza e sensualidade poderosa — aquelas a quem a moda acostumou-se a chamar de bombshells: Gisele Bündchen já posou assim para Mario Testino, Irina Shayk fez o mesmo para o livro “Portraits Nudes Flowers”, de Mariano Vivanco, uma imagem que serviu de inspiração para a foto de capa desta edição. Juliana Paes, sorriso aberto, pernas e braços torneados, oscilando entre a brejeirice de quem já foi Gabriela e o sex appeal de Bibi Perigosa, pertence a essa estirpe de mulheres. E não é exagero.









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquisar este blog

Seguidores

Google+ Seguidores

Google+ Badge